[ editar artigo]

Consciência: arma poderosa contra a crise

Consciência: arma poderosa contra a crise

Olá ,  tudo bem?
Hoje quero falar com você sobre uma reflexão EXTREMAMENTE relevante , principalmente neste momento delicado que estamos  está passando.

Você já deve ter ouvido uma famosa frase do psicólogo Carl Jung: 

“Até você tornar-se consciente, o inconsciente irá dirigir a sua vida e você vai chamá-lo de destino”. 


Então, é sobre isso que eu quero falar: CONSCIÊNCIA. 
 
Eu tenho acompanhado muitas manifestações de desespero no modelo tapa-ouvido.  “Mas que modelo é esse Paula?!!!” São pessoas que permanecem se alimentando somente das piores previsões, que passam o dia buscando e compartilhando somente notícias tristes, contabilizando a desgraça minuto a minuto, e não estão se permitindo parar pra pensar.

A turbulência está acontecendo? Sim. Agora, pensa comigo. Seria a melhor saída passarmos pela crise focados na crise, vivendo a crise, falando da crise e prevendo mais crise?  
 
Não. Não é sobre negar o que existe, mas sim sobre AMPLIAR a visão em relação ao que está acontecendo. Além da forte turbulência e da necessidade de cuidados especiais neste momento, existe também a possibilidade de parar, pensar, criar, testar, mudar, redesenhar, replanejar.  

Eu quero que você neste momento traga para a sua consciência como é que você tem passado por estes dias , e principalmente que você reflita:
“COMO É QUE VOCÊ QUER ESTAR quando a turbulência passar?”
 

Essa pergunta pode fazer TODA A DIFERENÇA em relação às escolhas que você tem feito no teu dia a dia, porque ela fará com que você crie estratégias e tome atitudes mais conscientes. 
 
Eu escrevi como EU quero estar quando essa crise passar, e vou compartilhar com vocês apenas para exemplificar.  Passada a turbulência eu quero:

1) Estar ainda mais fortalecida na minha capacidade de parar, pensar estrategicamente, recalcular a rota e seguir em frente em situações de mudança inesperada; 

2) Muscular ainda mais minha Agilidade Emocional, para enfrentar com mais estabilidade e consciência os momentos desafiadores que surgirem;

3) Ter clareza de que eu posso me manter conectada com as pessoas que eu amo e estar presente a vida delas, mesmo não estando presente fisicamente.

4) Estar com as finanças estáveis; 

5) Ter ampliado ainda mais meus conhecimentos sobre neurociências e comportamento através do estudo de livros e cursos. 

Com estas questões claras, as minhas ações no dia a dia são focadas neste rumo:

Respirar, pensar de forma estratégica, ser criativa, muscular novas competências, me manter conectada com minha família e amigos mesmo que virtualmente, segurar os gastos supérfluos e estudar. 


Entende a importância de escolher conscientemente qual o rumo que queremos tomar? Então pega uma caneta e um papel e escreva o que VOCÊ QUER PRA VOCÊ.  
 
Escolha a forma como você vai passar por este período e veja a diferença que isso pode trazer pra tua vida. A crise de fato existe, mas ela vai passar.

Espero que este pequeno e poderoso exercício seja tão impactante pra você como está sendo pra mim. 
 
Um grande abraço e até o próximo encontro   😊 

Paula Tissot.

Consciência Emocional
Ler conteúdo completo
Indicados para você